CNS recomenda medidas para garantir vacina contra coronavírus
05/11/2020 06:38 em SAÚDE

Publicado em quarta-feira, 4 Novembro, 2020 - 20:40 Por Eliane Gonçalves - São Paulo

 
 

Vacinas comprovadamente eficazes devem ser incorporadas ao PNI

 

O Conselho Nacional de Saúde recomendou a adoção de medidas para garantir o acesso da população brasileira às vacinas contra o coronavírus.

Segundo a recomendação 67 aprovada pelo colegiado nessa terça-feira (04), as vacinas comprovadamente eficazes e que estejam disponíveis no mercado, precisam ser adquiridas e incorporadas ao Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde.

 

Para o representante do Ministério no Conselho, Neilton Araújo, a recomendação não era necessária, mas ajuda a esclarecer que vacina não tem nacionalidade.

A decisão da principal instância deliberativa do Ministério da Saúde foi tomada depois da crise aberta com a decisão do governo em suspender a compra da vacina que está sendo desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan em São Paulo.

Segundo a recomendação, decisões como essa podem ser consideradas infração contra saúde pública. A recomendação também pede que o Congresso Nacional e o Judiciário tomem providências quando for necessário proteger a população de decisões que não sejam baseadas na ciência.

Em setembro, o Conselho já tinha recomendado ao Ministério da Saúde a retirada de todos os materiais de comunicação que faziam alusão à não obrigatoriedade de vacinação contra a covid-19.

 

O Brasil já registrou nesta quarta-feira (04), mais de cinco milhões de casos de infecção por covid-19 e mais de 160 mil mortes pela doença.

 

Edição: Joana Lima

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!